RÁDIOS BRASILEIROS EM CAIXA DE MADEIRA

**Welcome to the Antique Radios In Brazil **

RÁDIO CACIQUE

Um dos primeiros rádios fabricados comercialmente no Brasil, em estilo Tombstone, alto- falante de campo, faixa de ondas médias, válvulas: 6A7, 6F7, 42, 80.
Rádio fabricado pela IPE ( Industria de Produtos Eletrônicos), pouco conhecido atualmente, devido as poucas unidades existentes. Possui Dial com escala graduada de 0 a 100 com desenho de um índio ao fundo.
Se voce possui o esquema deste rádio, por favor entre em contato.
If you know this radio, including their year of manufacture, schematics or anything about them, please write to :
João A.B.Mello.

EMERSON DA-126

Rádio importado e montado por BYINGTON & CO (Av.do Estado nº 35 SP) no Brasil sob licença da Emerson USA.
Rádio com gabinete de madeira estilo Art Deco muito bonito, montagem em chassis cromado, válvulas: 6K8, 6D6, 6Q7, 25Z5, 25L6, e balast, com alto-falante de campo.
Se voce possui o esquema deste rádio, por favor entre em contato.
If you know this radio, including their year of manufacture, schematics or anything about them, please write to :

João A.B.Mello.

SEMP
A SEMP (Sociedade Eletro Mercantil Paulista) foi fundada em 1942 na cidade de São Paulo. No início, sua principal atividade foi a fabricação de rádios, eletrolas e posteriormente, Televisão.
Situada na Av. João Dias, 2476 Sto. Amaro, São Paulo capital, teve presença marcante em vários momentos da história, levando notícias faladas e televisivas aos mais reconditos pontos deste imenso país.
Confirmando mais uma vez seu pioneirismo, em 1972 a SEMP deu grande passo no mercado e lançou o primeiro televisor 20" em cores do país.


O ano de 1977 foi de grande importância para a SEMP, pois nessa época a empresa celebrou um acordo de participação acionária e tecnológica com a Toshiba Corporation do Japão que originou a SEMP TOSHIBA.
A Semp Toshiba tem seu capital dividido em 60% para o grupo nacional Semp e 40% para a japonesa Toshiba.
O comando da Semp Toshiba no Brasil está com a familia Hennel, sendo seu atual presidente, o Sr Afonso Antônio Hennel, com 23 anos de casa, filho do fundador.

Entre os vários anúncios veiculados em jornais e revistas da época, esta empresa aparecia como:

A SEMP é maior do que você imagina.
""A mais de 30 anos a Semp vem se firmando como a principal indústria brasileira do ramo.
Numa área de 30.000 m2 o complexo industrial da Semp abriga, praticamente uma série de indústrias produzindo separadamente televisores, rádios, eletrolas, cinescópios, componentes e toda a marcenaria fina utilizada em seus produtos.
A divisão de cinescópios é uma das únicas industrias do gênero no país, produzindo cinescópiso de 12, 17 e 23 polegadas
As várias divisões de componentes produzem cerca de 80% de todo o material empregado pela Semp, desde seletores de canais, metalurgia, silk-screen, peças plásticas, bobinas, auto-falantes, etç. Mais de 600 postos autorizados, situados nos mais diversos pontos do país, dão cobertura à eficiente assistência técnica Semp.     É a maior rede do país.
Multiplicando suas atividades, a Semp vem exportando televisores, rádios, eletrolas e componentes para diversos países das Américas Latina e Central, além de Portugal e Líbano.""

Em meados da década de 70 a SEMP foi adquirida pela Toshiba, passando a partir daí a denominar-se SEMP TOSHIBA

SEMP AC-431/BF

Rádio valvulado fabricado em 1951, considerado o mais sofisticado rádio brasileiro da época, o AC-431/BF ganhou o carinhoso apelido de "capelinha" e atingiu grande sucesso de vendas até meados da década de 70. O sucesso foi tão grande que é lembrado e pedido até os dias de hoje.
Possui 4 faixas de onda sendo uma ampliada:

  550 a 1600 Khz,  2.5 a 7 Mhz,  8 a 22 Mhz  e  9.6 a 12,2 Mhz.
Com boa aceitação no mercado devido ao seu baixo custo em relação a similares importados, a SEMP fabricou milhares deste rádio. 
Válvulas: ECH81 (6AJ8), EF93 (6BA6), EBC91 (6AV6), EL84 (6BQ5), EZ80 (6X4) -
vál. europeias (vál. americanas)

Este rádio em particular está totalmente original, tendo poucas horas de funcionamento.
Na dácada de 70, tentou-se lançar um modelo idêntico transistorizado que não teve o mesmo sucesso.

TELEFUNKEN FREMO

1º receptor de FM fabricado no Brasil na década de 50 pela AEG Telefunken do Brasil, este rádio é composto somente do sintonizador, sendo necessário conectá-lo a um amplificador.
A Telefunken usava este sintonizador em vários modelos de rádio de sua fabricação, estando em linha de produção até meados da década de 60.
Válvulas: ECC85, duas 6BA6, 6AU6, 6AL5, 6X4, EM80 (olho mágico).

O manual do proprietário inicia com os seguintes dizeres:
Continuando com os sucessos das suas linhas de rádios e radios-fonógrafos de alta qualidade, a Telefunken, mais uma vêz como pioneira, apresenta ao público sua última novidade, o receptor de F.M. (Frequencia Modulada) intimamente chamado de FREMO.

TELEFUNKEN MIGNON E

Rádio de cabeceira valvulado, gabinete de madeira com painel de plástico, alimentado por tenção de 110 ou 220 Volts AC ou DC, sintoniza em 3 faixas de onda, OM de 550 a 1600 kHz, K1 de 120 a 40 mts e K2 de 41 a 16 mts.
Válvulas: HCH-81, HF-93, HCH-81, HL-94, HY-90.
Possui uma entrada para toca-discos na parte de traz do chassis.

RETORNA AO ÍNDICE